[OFF] Como irritar quem diz “não foi isto que eu quis dizer”

Confesso: AMO uma boa discussão, mais ainda se for puramente retórica (sou intencionalmente irritante)! Adoro discutir por nada só pelo prazer de tentar vencer o oponente no final. Recentemente, numa de minhas batalhas retóricas me diverti tanto que resolvi compartilhar com vocês alguns argumentos contra a expressão “não foi isto que eu quis dizer”. :)

(Já mencionei aqui que esta expressão é um belo sinal para se detectar um profissional de TI incompetente)

Convenhamos: nada mais chato em um debate do que apresentar um bom argumento e ser respondido por seu oponente com o pseudo-argumento “não foi isto o que eu quis dizer!”.

Pra começar, vamos pensar um pouco no próprio significado da frase. Se alguém disse “não foi isto o que eu quis dizer”, é sinal de que o locutor falou contra a própria vontade, certo? Afinal de contas, diz-se o que se intenciona comunicar, correto?

Sendo assim, o que “não quero dizer”, simplesmente não é pronunciado. Ora, se não é pronunciado, não é ouvido! Logo, a pessoa que afirmou “não foi isto o que eu quis dizer” na realidade disse EXATAMENTE o que queria. (trata-se de um argumento fraco, porém divertido)

Se o que foi ouvido não possui o significado intencionado, um dos casos abaixo se aplicam:

  • Você não possui controle sobre as próprias palavras. Afinal de contas, disse algo que não intencionava! Portanto também não controla as próprias ações. Logo, é irresponsável pelo que diz!
  • Você não é humano (!!!). Dado que a característica primordial do homem é a linguagem, e o locutor não está dizendo o que intenciona, é sinal de que não sabe usar as palavras. Logo, não possui o atributo básico que o caracteriza como tal!
    (este argumento pode ser transformado em “você é burro” se levar-se em conta o fato de ser a linguagem a matéria básica do raciocínio)

    (aviso: não utilize este argumento com pessoas que possuam tendências físico/agressivas!!!)

  • Você é ignorante! Descreve-se o que se conhece. Se o significado transmitido for diferente do intencionado, é sinal de que esta condição não ocorre.

    (um bom teste para se verificar a inteligência alheia: chame alguém de ignorante. Se a pessoa confundir ignorância com capacidade intelectual, sua burrice estará comprovada)

É também possível responder a maldita frase simpaticamente: “Se diz o que se sabe. Se não sabe escolher as palavras, não as use!”

Claro: nada impede que você realmente esteja distorcendo as palavras do seu oponente e ele lhe responda isto (neste caso, o único uso justo que conheço para a expressão). Se este for o caso, pelo menos você terá uma boa saída retórica para a situação (e terá se divertido um bocado também). :)

5 Comments

Add Yours →

Rs, vejo isso numas figurinhas do GUJ, que alguns chamam de “figurões”. Qdo tem um cala boca legal, aparecem com essa “desculpa”.

Responda

admin Reply:

Eu vejo isto em práticamente todos os fórums.

E, sinceramente, é isto o que os torna REALMENTE divertidos. :)

Responda

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.