Categoria: paideia

Filosofia pra quê?

Ao comentar que meu primeiro curso (que quase terminei) de graduação foi Filosofia é comum observar reações divertidas em meus interlocutores: alguns esbugalham os olhos, outros dizem que isto “justifica o fato de eu ser louco assim”, muitos riem e a esmagadora maioria me diz que está surpresa com o fato de eu ter terminado em uma área tão diferente (Ciência da Computação).

O programador invisível

á parou para pensar que possívelmente a maior parte do mercado de software lhe seja completamente invisível? Vou te contar uma coisa: ele é, gera um valor muito maior do que imaginamos, está na nossa frente e simplesmente não conseguimos enxergá-lo. Hoje vou falar sobre os programadores invisíveis: aqueles que geram muito mais valor que todos nós juntos.

O desenvolvedor, os paradigmas e as revoluções científicas

“Cientistas”, desenvolvedores, bruxos, são todos a mesma coisa. Terminada a leitura do livro vi que ia muito além da “mera” história da ciência. É o modo como encaramos as mudanças que atropelam nossas vidas e alteram nossa visão do mundo que muitas vezes acreditamos ser tão sensata, tão segura.

Na ditadura dos padrões

Já faz algum tempo que prometo este post: padrões enganam. Nada contra padrões em si o que seria uma tolice visto ser o próprio processo de aprendizado e inteligência baseado em sua presença mas sim o potencial imbecilizante que estes possuem quando mal aplicados. No desenvolvimento de software acredito que podem inclusive ser fatais quando isto ocorre.

Como cai no Java e na programação orientada a objetos

No post anterior disse que o valor que mais apreciso em Groovy e Grails é  a popularização que este propicia da plataforma Java EE. Mais do que simplesmente trocar de linguagem, não raro ocorre também a inclusão de um novo paradigma de desenvolvimento: a programação orientada a objetos (POO). Esta não é uma “mudança” fácil (se é que pode ser chamada de mudança: prefiro o verbo agregar), e acredito que ao expor minha própria experiência talvez possa ajudar aqueles que neste momento estejam passando por esta experiência.